Falar que as mulheres estão invadindo o mundo dos games é chover no molhado!

Em pesquisa realizada pela Game Brasil, só em 2016 o público feminino já era responsável por 52,6% dos jogos no Brasil, mesmo que ocasionais.

O crescimento do número de mulheres no mercado gamer deve-se a uma gama de fatores. Enquanto nas décadas de 80 e 90 ficávamos presas a computadores e PCs, hoje temos mais possibilidades de plataformas e uma infinidade de jogos, o que democratiza o uso especialmente entre meninas e mulheres, que passam a ter acesso a diversões que antes ficavam restringidas aos homens.

A evolução no mercado gamer acompanha também a mudança social, com a participação da mulher muito mais efetiva em vários setores da sociedade, com possibilidades de aumento de jogos exclusivos para o público feminino em um futuro próximo, embora as mulheres não precisem de distinção dentro dos jogos, participando, inclusive, de grupos mistos em grandes campeonatos pelo mundo.

Traremos para vocês novidades sobre o mundo gamer e, claro, a participação da mulher nesse vasto universo. Porque jogar é coisa de mulher sim!

 

 

  • Ver +
Formada em Gestão Empresarial com MBA em Marketing Digital e Redes Sociais, divido meu dia a dia entre dois filhos, pequenas empresas, bandas de heavy metal, um mundo neurodivergente, leitura e games.

Comentários