Os números não mentem e mostram que as pessoas amam mais no Instagram. E quando eu digo que elas amam no Instagram não é porque acidentalmente acrescentei o “n” antes do “o”: o emoji <3 foi usado 14 bilhões de vezes e o filtro mais usado nos stories foi o de coração nos olhos.

Ao todo são mais de 2 bilhões de usuários ativos na plataforma, segundo dados de 2018.

Com recursos de feed, stories, mensagens e marcações, o Instagram consegue ser uma ferramenta estratégica em todas as fases da jornada de compra. Isso fica muito mais claro quando você conhece muito bem as personas da marca e conhece seus hábitos.

Suponhamos que sua marca é uma loja de bolsas e acessórios. Uma das principais personas é uma mulher, de 30 anos. Ela é da classe média, não tem filhos, mora com o noivo, trabalha num escritório e é super conectada. Acompanha tutoriais de maquiagem no YouTube, segue influenciadoras no Instagram e gosta de seguir as principais tendências da moda. Vamos chamá-la de Fabi.

Etapa 1: Awareness (Conhecimento / descoberta)

A Fabi acorda com sua música favorita. A do Momento é Ariana Grande. Antes mesmo de levantar da cama, aproveita alguns minutinhos olhando o Instagram para despertar e já ir pensando como se vestir para o trabalho. Assiste os stories de uma influencer dando dicas para 5 looks curinga montados com apenas 10 peças.

A influencer explica que irá da academia para o trabalho e depois para a faculdade então precisa de uma bolsa com espaço. Nossa cliente, se identifica e nota que a influencer compôs o look do dia com uma mochila de material sintético. Ela passa a seguir a marca da bolsa usada pela influencer.

Etapa 2: Consideration (consideração)

Alguns dias depois a Fabi tem uma reunião bem cedo no trabalho. Ela decide levar uma sapatilha mais confortável para usar após a reunião. Chove, precisa também levar o guarda-chuva, necessaire, agenda… nossa, não cabe em bolsa nenhuma!

Após o almoço, ainda sentada no restaurante, passa o dedo pela tela despretensiosamente quando vê uma publicação de um kit de bolsas daquela marca. Uma maior, perfeita para dias como hoje e uma pequenina, bacana para a noite. Fabi pensa que realmente precisa de uma bolsa maior para dias como hoje. Clica no perfil da marca, navega e interage com alguns posts; salva algumas inspirações de look publicadas pela marca, vê que algumas das influenciadoras que segue já usam bolsas desta loja, avalia o preço, mas como é fim de mês decide olhar outras opções de lojas e aguardar o cartão virar para comprar.

Etapa 3: Decision (decisão)

Uma vez que interagiu com o conteúdo da marca, a Fabi cai na nossa estratégia de remarketing. Ao longo das próximas duas semanas ela receberá conteúdo pago sobre a marca. Um dos conteúdos é um vídeo que mostra os detalhes de uma bolsa.

A Fabi gosta de bolsas com muitas divisórias e sempre fica em dúvida na hora de comprar bolsas pela internet porque não dá para saber pelas fotos do site como é a parte interna. Ela fica muito satisfeita com o vídeo, que termina com a informação de que a loja parcela em 4x no cartão. Ela clica no anúncio e é, então, encaminhada para a página da bolsa no site onde faz a compra com um cadastro simples.

Saiba mais sobre Remarketing no Instagram!

Lifestyle é a chave

Como você deve ter percebido, duas coisas foram essenciais para o sucesso da nossa estratégia de conteúdo com a Fabi. A primeira é conhecer os hábitos e comportamentos da nossa persona e a segunda é oferecer conteúdo diversificado e adequado para esse perfil de comportamento. Os formatos são variados, stories, feed, IGTV, fotos com marcação de produtos, sugestões de uso do produto, UGC e o que mais sua criatividade for capaz de propor.

Confira 3 motivos para usar o IGTV em sua estratégia de Marketing!

  • Ver +

Empreendedora, sócia da seu agá, comunnity manager no SMXP, co-fundadora e autora no LadiesOn, entusiasta e consultora de gestão de agências digitais, atuo no mercado digital há mais de 10 anos. Tentando ser uma pessoa melhor para o mundo, reduzindo o consumo de café e plástico, aumentando o consumo de empatia. Orgulhosamente já fui finalista da 1ª Hackatona {reprograma}, mentora do Startup Weekend, co-host e palestrante do Social Media Week. 

Comentários