Você não tem tempo para mais nada! É um corre-corre diário e frenético :p

Acorda, café, arrumar filho 001 para escola, filho 002 faz trabalho de casa, enquanto você senta e trabalha um pouco (o almoço está no fogo, diga-se passagem! E cuidado pois você já queimou o arroz milhares de vezes), pega filho 001 na escola, manda 002 pro banho, arruma 002, dá almoço aos 2, tenta comer alguma coisa (sim a esta altura você está sem fome e sem tempo), coloca 002 para a escola, senta para trabalhar mais uma vez, faz as tarefas da tarde com 001, dá lanche, trabalha mais um pouco, recebe 002 da escola, coloca todo mundo pro banho mais uma vez, dá janta (tenta comer novamente, rs), deixa 001 e 002 no vídeo-game para ter um pouco de sossego enquanto termina seus trabalhos e finalmente é chegada a hora de dormir.

Esta é a rotina da maioria de nós mães empreendedoras, a maior parte dos dias da semana. Não é a toa que chegamos no fim do dia: estressadas, esgotadas, sem ânimo, sem vida! E que por muitas vezes achando que não vamos dar conta de tudo e queremos jogar tudo pra cima, mesmo sabendo que teremos que catar depois!

A maternidade por si, já suga nossas energias como um aspirador de pó. Mas diante das circunstâncias, nos vemos muitas vezes tendo que auxiliar na renda doméstica, ou até, não desejamos abandonar nossos sonhos por conta da maternidade (Sim, somos mães e temos sonhos, ok! Aceite mundo!)

Mediante a este quadro, hoje quero falar sobre a saúde mental da mãe empreendedora. Por mais que tentemos ser uma máquina, precisamos olhar para dentro de nós com um olhar sincero e amoroso. Precisamos cuidar do nosso bem mais valioso. Não, não estou falando dos nossos filhos, estou falando da nossa mente!
Precisamos sim, nos cuidar de dentro para fora. Cuidar para que a nossa mente não seja bombardeada por inúmeras tarefas, processos e obrigações. Não, não somos obrigadas a cumprir tudo! Não somos obrigadas a dar conta de tudo! Pelo simples fato de que somos seres humanos.

Seres humanos têm uma capacidade limitada de lidar com determinadas circunstâncias e por muitas vezes precisam sim de um descanso, uma noite de sono mais longa, um café fresquinho e uma refeição preparada por alguém com todo carinho (fica a dica).

Para finalizar vou deixar algumas dicas que tenho utilizado na minha vida e têm dado certo, espero que sirvam para vocês também:

-Se ame
Você é a pessoa com quem mais convive, então cultive esse jardim aí, mulher! Não o da varanda ou do quintal… Mas esse jardim do seu peito, da sua mente. Regue suas flores e quando for preciso ADUBE SUA TERRA, APARE OS GALHOS E RETIRE AS FOLHAS MURCHAS 😉

-Tenha uma rotina
Faça listas! Sim, listas são ótimas, mas seja fiel a elas. Não coloque muitos itens, mas o suficiente para o dia seguinte. Você vai ver o quanto seu dia foi produtivo. (Depois passa aqui e deixa um comentário, se para você funcionou mesmo)

– Faça terapia
Terapia NÃO é coisa de doido, NÃO é coisa de gente problemática, NÃO, NÃO, NÃO e simplesmente NÃO… O terapeuta é um profissional capacitado que irá ser um facilitador para sua vida. Pense nisso 🙂

– Reserve um tempo somente para você
Para nós mães é completamente difícil esta tarefa, mas reserve um tempinho para tomar um sorvete, dar uma caminhada em uma tarde de sol, tomar um café, ver a praia ou simplesmente ficar deitada ouvindo uma música… Mas isso tudo sozinha! Lembre-se: Você é a pessoa com quem mais convive 🙂

  • Ver +

Gestora de TI que se apaixonou por mkt digital a 4 anos! Mãe full time, empreendedora fundadora do projeto A vida reciclável de uma mãe, produtora de conteúdo e gestora de marketing digital.

Comentários