Como ter mais de um link na bio do Instagram?

Como ter mais de um link na bio do Instagram?

Uma das perguntas que eu mais escuto dos clientes e amigos iniciantes e engajados comercialmente nas redes sociais é: como colocar mais de um link na bio do Instagram?

Hoje, com tantos canais de vendas e de relacionamento (Facebook, Youtube, LinkedIn,Twitter, Pinterest, etc…), colocar apenas um link no Instagram, não é o suficiente para dar mais visibilidade a todos os meios que você ou a marca/empresa tem para atender da melhor maneira seus atuais e futuros clientes.

E não é só isso, ter mais de um link na bio do Instagram facilita ao usuário encontrar todas as informações necessárias sobre determinado perfil, ajudando em toda a jornada de compra, ou seja, é importante dar atenção a esse detalhe!

Como adicionar mais de um link na bio do Instagram

Para adicionar os links é muito fácil. Na verdade, é preciso utilizar algumas ferramentas. Como essas:

Linkme.bio (nova no mercado e com diversas funcionalidades) e linktr.ee.

Ambos são intuitivas.

▪ Para adicionar, se cadastre em uma das ferramentas, elas são gratuitas para essa parte de adicionar mais de um link no Instagram, clique em adicionar botão/link. Você pode colocar todo e qualquer link: Facebook, Pinterest, LinkedIn, Twitter, API do WhatsApp, site.

▪Vale para todas as urls que são importantes e que mostram um pouquinho mais do trabalho da marca/empresa.

▪Adicionando os links, essas ferramentas gerarão um link único que reunirá todos aqueles acrescentados. Assim, toda vez que um usuário clicar no link da Bio do Instagram, será redirecionado para uma página em que aparecerá todas as urls que você acrescentou, podendo escolher então, qual o próximo canal para pesquisa.
Nada difícil!

Agora que você já sabe, está pronto para colocar a dica em prática? Me conte aqui nos comentários sobre os links que acrescentaram e qual a ferramenta preferiram utilizar.

“Ok. Aprendi a adicionar o link, mas ainda tenho dúvidas sobre como devo deixar a bio atraente”.

Vamos lá!

Informações importantes para se colocar na Bio do Instagram

A biografia do Instagram é essencial para as pessoas saberem exatamente quem você, marca ou empresa é, o que faz, quais produtos oferece e quais serviços presta. Ela cria uma primeira impressão para os usuários. Portanto, é necessário pensar com muito cuidado o que será escrito ali.

Além disso, é o único lugar do aplicativo que é possível adicionar um link clicável, enquanto não se tem seguidores suficientes para liberar a vinculação de links com os stories.
Como a biografia é parte da identidade, seja sua da marca ou da empresa, ela precisa ser clara, objetiva e atraente.

Nome do Usuário
O primeiro passo é escolher o username, na tradução livre significa nome do usuário ou conhecido simplesmente como @.

Nessa etapa, não é necessário colocar no nome qual é o seu produto, apenas o nome da marca ou empresa.
Lembre-se que, esse nome é o que será apresentado na url do seu perfil do Instagram. Ex: instagram.com/ladies.on.

Dica especial: se você, marca ou empresa possui outras redes sociais, tente colocar o mesmo username em todas. Facilita muito a busca dos usuários, principalmente, para os clientes atuais.

Nome
O nome, que não precisa ser necessariamente o mesmo do username, em todo e qualquer perfil do Instagram, fica em negrito e é a primeira informação que aparece na bio.
Nesse campo podem ser incluídos até 30 caracteres. Isso permite que sejam acrescentadas palavras-chaves ou até mesmo o nome completo trazendo maiores informações sobre o responsável pelo perfil.
O nome faz parte do search da rede social. Portanto, acrescentar tags como “médico”, “psicanalista”, “atleta” pode ajudar novos usuários a encontrarem o perfil enquanto pesquisam dentro do aplicativo.

Site
Como mencionei acima, a biografia é o único lugar (enquanto não se tem 10 mil seguidores), que é possível adicionar um link clicável. Para deixar o link mais amigável, é recomendado utilizar um encurtador de link. Por exemplo, Bit.ly. Além de deixar o perfil mais apresentável, é possível ficar de olho em quantas pessoas clicaram ali para saber mais sobre você.

Biografia
Como mencionei anteriormente, a bio deve ser clara e objetiva. Mas com a quantidade limitada de caracteres, às vezes, pode se tornar um pouco difícil escrever tudo com pouco espaço. Aqui convém utilizar alguns emojis autoexplicativos.
Eles podem indicar tudo de profissão a endereço de e-mail.

Para tornar a biografia mais bonita e com fácil visualização, é indicado usar espaçamento e quebra de linha. Assim, é possível destacar ainda mais as informações.

Informações de contato
Se a conta na rede social é comercial, é essencial colocar informações de contato, principalmente o telefone e o e-mail. É muito mais fácil o usuário se conectar com você, tendo todos os dados disponíveis do que precisar dar um Google para encontrar tudo o que precisa.

Call-to-action
Outro item fundamental é ter um call-to-action, ou seja, uma chamada de ação. Não importa se é para os usuários conhecerem os perfis nas outras redes sociais, para ir ao site ou para enviar uma mensagem pelo WhatsApp.
Estudos afirmam que perfis com chamada de ação convertem muito mais do que aqueles que simplesmente explicam o que fazem.
Aqui é preciso clareza.

Um bom exemplo é: saiba mais no site, compre agora, inscreva-se.

O ideal é utilizar a chamada de ação associada ao link que está na biografia.

3 motivos para usar o IGTV em sua estratégia de Marketing

3 motivos para usar o IGTV em sua estratégia de Marketing

Você já conhece o IGTV ou usa essa ferramenta na sua estratégia?

Sabe para que essa ferramenta do Instagram serve? Essa foi uma novidade lançada pelo Instagram em junho de 2018 que permite que os usuários publiquem vídeos mais longos em seus perfis. Isso porque, hoje no feed, é possível publicar materiais com apenas 1 minuto no máximo.

Com o objetivo de concorrer diretamente com o Youtube, no IGTV é possível produzir conteúdos mais longos de até 10 minutos, para quem tem menos de 10 mil seguidores, ou até 1 hora, para quem passa dessa marca de followers. Agora que você já sabe o que é IGTV, que tal entender os 3 principais motivos para incluí-lo na estratégia de marketing da sua empresa?

 

1 – Você pode fazer tudo com o celular

Muita gente evita usar o vídeo como estratégia por não ter câmeras ou por não ter
habilidade com softwares de edição de vídeo. A vantagem é que com o IGTV você pode fazer tudo pelo seu celular. Ele foi desenvolvido para que você possa ver os vídeos na vertical, assim fica até mais fácil de gravar, sendo pela câmera tradicional do aparelho ou até mesmo pela frontal.
A edição pode ser feita com alguns aplicativos gratuitos que você pode instalar no seu próprio celular. Como por exemplo o Inshot, Quik, Viva Vídeo ou até Story Art.

Busque apps de edição em Android

Busque apps de edição em Iphone

Apps de edição, permitem que você corte, inclua efeitos e até deixe com um efeito visual mais bonitinho do que um vídeo simples feito de apenas cortes. Tudo com muita facilidade.

Acompanhe mais algumas dicas para um melhor aproveitamento:

▪Você também não precisa investir muito caro em equipamentos auxiliares, como microfone.
▪Ao menos no início, você pode aproveitar o microfone que vem embutido no fone do seu aparelho para gravar um áudio de melhor qualidade para o seu IGTV.
▪Muito mais fácil gravar, editar e publicar por apenas um dispositivo, sem precisar fazer muitas transferências de arquivos, né?
▪Antes de publicar foque na estratégia geral do seu negócio para que esses vídeos estejam alinhados com o que a sua marca propõe. Foque em uma mesma linguagem para todos os materiais e também em um mesmo filtro, para que tudo tenha a mesma identidade.
▪Por mais que tudo possa ser feito pelo celular, o capricho não pode ser deixado de lado.
▪Escolha um ambiente com uma boa luz e pense sempre em uma boa descrição para os vídeos e também para o título do seu conteúdo.

 

2 – Aproveite a oportunidade para gerar valor para o seu público-alvo

No IGTV você tem a oportunidade de criar conteúdos mais longos e assim criar um
relacionamento melhor com os seus clientes. Assim, você pode aproveitar para:

– Dar dicas relacionadas ao comportamento do seu nicho, antecipando dúvidas de uma jornada de compra;
– Ensinar passo a passo como usar o seu produto;
– Mostrar depoimentos e entrevistas dos seus clientes mostrando uma prova social;
– Responder às Perguntas mais comuns sobre o que você vende;
– Criar uma web série ou mini curso gratuito sobre o seu produto ou serviço para promover mais autoridade para o seu negócio e até promover um conteúdo pago.

 

3 – Marque presença em todos os terrenos na internet

Com o IGTV é possível marcar presença em todos os terrenos da internet. Mas, cuidado!
Não produza conteúdos vazios. As pessoas sempre buscam conteúdos de valor para as suas mídias sociais.

Apesar de não ter tido muitas visualizações no começo, hoje o Instagram permite que você compartilhe uma parte do seu vídeo recém publicado na timeline para promover a divulgação, além da faixa de notificação no topo do feed e também a divulgação nos stories.
Isso promove um excelente alcance e engajamento de cada uma das publicações na mídia social.

Está esperando o que para poder dar início na sua produção de vídeos do IGTV?

Design para redes sociais: 8 dicas com o que aprendi durante os anos

Design para redes sociais: 8 dicas com o que aprendi durante os anos

Quero começar esse texto dizendo que – alerta de spoiler – não sou uma designer de formação (chocante, né?). Quando eu fiz faculdade de publicidade tive algumas aulas sobre o tema, e ao ingressar no mundo das redes sociais aos poucos me vi aprendendo, sentando com o time de criação para pegar dicas, chamando o pessoal para dar o famoso “pitaco” no que eu produzia. O que eu quero compartilhar com você, que também não é design de formação, só de coração, é o que ao longo dos anos eu aprendi com esse pessoal nas criações das agências que passei e também estudando, lendo e me aventurando nesse mundo louco e lindo.

1- … E que haja um “padrão”
Se o seu cliente não tiver um manual de marca para você seguir, desenvolva um padrão de criação baseado nas outras criações que ele tem. Pode ser panfletos, sites, o próprio logo. Eu sugiro que você faça uma imersão, dá uma olhada legal no que ele já produz e procure por padrões de cor, padrões de tipo de foto (por exemplo: “poxa, sempre tem uma foto com uma pessoa sorrindo” ou “nunca tem fotos, mas sempre tem vetores”) e as fontes que são utilizadas. Procure esses padrões e você vai agilizar o seu lado (como você já entendeu o que o cliente gosta, a probabilidade é que a quantidade de alterações que ele pediria seja menor) e também vai deixar a comunicação dele muito mais contínua e falando a mesma língua.

2- Quem não tem cão, caça com gato
Aí você me diz, mas Fernanda meu cliente não tem comunicação, e se tem é cada hora de um jeito, sem o padrão que comentamos antes. Se este é o caso converse com ele sobre a importância de ter essa continuidade para fixar a marca dele e etc. Eu costumo desenvolver isso com base no logo quando não há onde se basear.

3- Não deixe para a última hora
A gente sabe que tem vezes que algo fora do nosso planejamento acontece e temos que agilizar um post para não perder o timing. Com o tempo aprendi a deixar alguns templates básicos para diferentes tipos de conteúdo na manga para produzir esses posts com mais rapidez, mas sem perder a qualidade. Organize os arquivos, salve em psd e deixe o time avisado para que todos estejam cientes caso haja uma necessidade.

4- Escolha com sabedoria
Aí precisamos contar com nosso feeling e bom senso. Você precisa ter cuidado e sensibilidade para procurar a imagem certa, porém essa escolha não pode demorar tempo demais e acabar atrasando as demais tarefas. Eu sempre penso primeiro no tipo de imagem que busco, nada de ficar vagando nos bancos de imagens em busca de inspiração.  O que nos leva ao próximo item…

5- Não se apegue
Está procurando há um tempo e não achou o que procurava? Ao meu ver você tem duas saídas: a) não se apegar a ideia original de imagem e flexibilizar, pensar em outra imagem. Ou b) passar para o próximo post e voltar neste depois. As vezes tirar o foco ajuda a gente a pensar em outras abordagens.

6- Dê atenção as proporções e legibilidade
Com o tempo a gente vai pegando o jeito e desenvolvendo um olhar treinado e crítico, mas no começo preste bastante atenção aos elementos que você colocou na imagem e se eles estão legíveis e na proporção correta, esse cuidado transmitirá para a sua audiência profissionalismo.

7- Use o famoso “Menos é Mais”
Quanto mais simples e objetivo, melhor. Você não quer confundir a audiência com um post que tenha muita informação e poluído, cheio de cores gritantes e elementos.

8- Salve em “Save from Web – png”
O jeito que você salva seu arquivo é muito importante, pois é ele que define a qualidade final da imagem. Eu aprendi há um tempo, que os arquivos jpg são leves, mas perdem a qualidade. Dê prioridade ao png, e salve no “save from web” para arquivos leves e bonitos!

Concluindo, a imagem é a parte mais importante do seu post, é ela quem a sua audiência vê primeiro e, portanto, é responsável pelo sucesso ou fracasso da sua mensagem. Uma imagem que não cative seu público pode fazer com que ele nem chegue a ler o texto de apoio, e por todo o esforço de pesquisa e produção a perder. Por isso, invista tempo na criação e também buscando conhecimento nessa área. Você não vai se arrepender.

O perigo de misturar o estilo do design com a personalidade da marca

O perigo de misturar o estilo do design com a personalidade da marca

Sua personalidade interfere na marca do seu cliente?

Assim como todo artista tem uma personalidade, nós designers, criativos, diretores de arte e/ou criação, possuímos um estilo próprio de reunir ideias e dar vida aos elementos gráficos para cumprirem seu papel de advertir, emocionar, transformar, empoderar e COMUNICAR.

Comunicar com cores, disposição dos elementos, tanto para off quanto on-line: todo este processo exige o estudo do público que irá absorver essa informação, dos valores da marca, do conhecimento do produto, de como estará exposto no PDV, de como será abordado nas mídias digitais e gerar o resultado esperado: o like, o compartilhamento, a compra, a identificação com a marca e até uma vida com ela.  

A criação é tão importante quanto todos os processos envolvidos no Marketing, seja ele digital ou não. Um bom planejamento pode não alcançar o resultado esperado, quando este não possui uma boa criação, que informe o desejado e vice-versa.

Um dos problemas que podem ocorrer é a identificação do estilo criativo com a identidade de comunicação, ou seja, quando o perfil do profissional ou da equipe por trás do planejamento de comunicação influencia de maneira tão contundente a ponto do público ou responsável pela marca notar mudanças na estrutura da equipe, por mais sutis que estas possam ser. Ainda em um cenário mais agravante, o criativo ou a equipe chega a anular a verdadeira identidade da marca e seu público, e cria soluções voltadas a personalidade da equipe ou até mesmo do idealizador da marca, trazendo preferências pessoais e excluindo as necessidades reais do público. Consequentemente, temos uma marca vazia, sem segmentação e com déficit no resultado de aceitação da marca ou produto. Temos que lembrar que não criamos para nós mesmos, e sim para falar com pessoas reais que possuem ideias e necessidades diferentes.

Por isso, é primordial que as equipes envolvidas neste processo estabeleçam o limite entre a sua personalidade e a personalidade da marca,  conhecer seu público e estar atento às mudanças de seu consumo, alinhando suas diretrizes e cientes do que a marca representa e oferece. Além disso, é importante a criação de uma padronização de identidade de comunicação, de conceitos e valores, prevenindo para haja uma comunicação eficaz, independente do profissional e estilo criativo.