Escolha uma Página
Métricas do Instagram, quais você deve considerar?

Métricas do Instagram, quais você deve considerar?

Hoje, muitas empresas e pessoas usam o Instagram com o objetivo de divulgar seus produtos e serviços, afinal de contas, é importante estar presente no dia a dia dos consumidores e estabelecer o relacionamento deles com a marca.

 

Segundo o próprio Instagram, 80% dos seus usuários seguem ao menos uma marca, 60% das pessoas descobrem novos produtos pelo Instagram, mundialmente há mais de dois milhões de anunciantes lutando para atingir seu target ideal e você é um deles?  Se sim, quais são as métricas que você leva em consideração para ter relevância na rede, ou ainda nem pensou nisso?

Independente da resposta acredito que com essas dicas básicas – levadas em consideração e aplicadas – poderão te ajudar a ter notoriedade nessa incrível ferramenta, vem comigo!

 

Primeiramente, você precisa de um perfil comercial no Instagram

Veja aqui como fazer.

É importante definir com quem você irá se RELACIONAR. Estabeleça quem são os clientes ideais para o seu negócio, quem você gostaria de atender todos os dias em sua loja, para quem sua consultoria foi idealizada, ou que tipo de solução o seu negócio traz para determinado problema. Defina bem isso e acredite, eles estão no Instagram!

Produza conteúdos relevantes e faça testes, às vezes, seu público exigirá um conteúdo mais leve, apenas uma simples foto caseira da equipe, às vezes, eles vão preferir vídeos explicativos sobre um tema mais denso, mas a ideia aqui é identificar os conteúdos que melhor performam e intensificá-los.

Tipos de Conteúdos: Fotos, Vídeos, Stories, Lives, Carrossel, Publicações de Compras e se você mexer na ferramenta perceberá vários tipos que o Instagram possui e um deles vai agradar em cheio o seu público e para cada um deles estabeleça a métrica que mais tem a ver com seu negócio.

 

Alinhe suas métricas ao seu objetivo de negócio

Outro ponto importantíssimo para você olhar com atenção e alinhar suas métricas aos seu objetivo de negócio: talvez hoje, o objetivo primordial é gerar tráfego ao site. Então, não faz sentido segurar a audiência apenas no Instagram e o que levaria o público ir ao site, talvez um CTA ao final do seu vídeo ou um conteúdo patrocinado? Não sei, é preciso testar!

Ligações, comentários, e-mails, envolvimento, segmentos, como chegar, impressões, curtidas, visitas ao perfil, alcance, salvos, SMSs, seguidores, dentre tantos objetivos quais métricas levar em consideração? Todas! A resposta está na associação de todas elas.

E para saber se o que você planejou está de acordo com o que seu público consome o Instagram possui uma ferramenta maravilhosa, o Instagram Insights e você tem acesso a todos os dados em tempo real dos seus seguidores, publicações e stories por aqui oh:

 

como-trabalhar-metricas-do-instagram                                       metricas-instagram-ladies-on

Apesar de estar batido e parecer clichê, o caminho das pedras para obter resultados otimistas no Instagram quem irá te dar é o seu público, através dos estímulos do seu conteúdo.

Observe as interações, o que seu público fala, quer, precisa, cruze com os dados do Instagram Insights, use isso a favor do seu negócio e mãos à obra!

Persona: como se comunicar com seu cliente de forma singular?

Persona: como se comunicar com seu cliente de forma singular?

Centrado no ser humano, o marketing de conteúdo é um grande aliado para desenvolver o relacionamento da marca com seus consumidores. Por isso, ao pensar em conteúdo para sua marca é imprescindível pensar em conteúdo humano, conectar seus consumidores de forma empática e imersiva, com assuntos que os ajudem a aliviar suas dores, desejos, anseios e aspirações.

No livro Small Data, Martin Lindstrom relata que, no mundo há bilhões de pessoas, mas, através de nossos hábitos, costumes, manias, medos, desejos e aspirações, somos reduzidos a mil tipos de pessoas.

Partindo desse pressuposto, conseguimos identificar que há muitos subconjuntos de pessoas, elas podem gostar ou não das mesmas coisas, compartilhar ou não das mesmas ideias ou ideais, o que não nos auxilia muito enquanto profissionais de conteúdo, tendo como objetivo estabelecer uma relação direta aos nossos clientes ou futuros clientes.

Mas, a ideia de subconjunto nos auxilia por um momento, pois, diante deles podemos mapear o comportamento, através de seus gostos, de suas tendências, do grau de ensino, do estilo de música, o consumo de jogos, enfim, há uma mar de possibilidades e quanto mais características comportamentais desses subconjuntos melhor será nossa definição de persona.

Depois desse processo a criação da persona fica mais fácil, através de tudo o que foi citado acima trace o perfil de sua persona com características mais aprofundadas, atributos físicos, intelectuais, sociais, emocionais, de personalidade, de consumo e de moralidade.  Dê nome, dê idade, dê sonhos, dê medos, escolha dentre aquele subconjunto o cliente que você gostaria de atender todos os dias.

Por que você deveria ter esse trabalho todo e criar logo suas personas?

Porque é essencial determinar o tipo de conteúdo, o tom, o estilo, os tópicos, os modelos e as informações que seu cliente quer, precisa e claro, gosta de consumir. É para não correr o risco de oferecer um rodizio de carne a um vegano.

Quando se cria uma persona, a forma da empresa de se comunicar torna-se singular. A empresa diz de forma clara ao cliente que está pronta e segura para atendê-lo, aliviando naquele instante suas ansiedades, se colocando disposta a ajudar e a satisfazer seus desejos da melhor forma possível.

E você está esperando o que para criar sua persona?

Se for ajudar, deixe seu contato aqui, que esse time formidável do LadiesOn tentará te ajudar da melhor forma possível.

 

 

Sou mãe, e agora?

Sou mãe, e agora?

Sempre sonhei com a área de comunicação, embora minha primeira tentativa tenha sido em uma sala de aula. Pensei que, ao me tornar professora, essa necessidade de me comunicar seria suprida, mas não foi bem assim…

Buscava por uma profissão que me desse voz, que eu pudesse disseminar minhas ideias e, claro, que não tivesse nada relacionado a números. Ao ler a ementa do curso de publicidade me encantei, me apaixonei, tentei escapar e não consegui. Quando dei por mim, já estava no sétimo semestre e sem experiência de agência.

Pedi conta do emprego fixo e troquei por um freela, mas, a grana estava muito curta. Em junho de 2014, eu estava no meu tão sonhado primeiro estágio como Social Mídia em uma agência.

Tudo ia bem, até que: POSITIVO, parabéns MAMÃE!

E agora?! Agora é conversar com o chefe, ver o que a gente pode fazer… só falta um semestre para eu me formar, talvez ele possa até me contratar, né?!

A conversa fluiu, contei sobre a gravidez e ele me desejou boa sorte. Boa sorte!

Grávida, fora do mercado de trabalho, último semestre de faculdade, país em crise e eu perdida.

Não consegui emprego, não consegui me formar, meu parto foi normal, não foi humanizado, sofri… Mas o Noah é a melhor escolha da minha vida.

Por 1 ano fui mãe em período integral, mas as coisas não iam bem e eu precisava voltar ao mercado de trabalho, independente do meu sonho. Peguei um freela que me demandava coisas absurdas, mas eu precisava né?!

A cada entrevista a esperança renascia em meu coração, até a pergunta: filhos? Lembro-me uma vez que me indagaram: Agora que já tem um, não vai querer mais, não é mesmo?! Como é difícil ser mãe, profissional e mulher em uma sociedade machista, mas eu não me dou por vencida e espero que você mulher, não se dê também.

As portas se abriram e mais uma vez entrei em uma agência como social mídia e mais mil e uma utilidades, crua e sem atualizações, mas nada disso me assustou. Correndo atrás de conteúdos gratuitos e grupos de comunicação conheci o Estevão Soares e a Comunidade SMXP, do qual sou extremamente grata, não somente pela elevação do nível de conhecimento, mas pelo leque de oportunidades que essa comunidade me deu, uma delas é meu novo emprego no Marketing de um Grupo de Concessionárias e o outro é poder compartilhar minha história através desse lindo projeto que é o Ladies On .

Sou mãe, mulher e profissional, agora eu serei melhor que ontem e amanhã melhor que hoje.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com