Escolha uma Página
Junho: novidades no Facebook e Instagram

Junho: novidades no Facebook e Instagram

É ficar por dentro das novidades sobre do Facebook e Instagram que você quer, @? Então se liga nesse resumão que preparamos para você!

Recursos LGBTQI+ no Instagram

Em comemoração ao mês do Orgulho LGBTQI+, o Instagram liberou alguns recursos coloridos, entre eles foi o círculo do stories e as hashtags relacionadas ao assunto. Falamos sobre isso nesse post!

Vídeos horizontais disponíveis no IGTV

Agora é possível publicar e assistir vídeos horizontais em tela cheia no IGTV. Segundo a plataforma essa nova possibilidade permite que os criadores de conteúdo escolham qual formato expressa melhor a sua criatividade. O processo de upload é o mesmo, a única diferença é que os vídeos em modo paisagem não aparecerão mais recortados. Saiba mais aqui!

Anúncios de conteúdo de marca no Instagram

A partir de agora, anunciantes poderão promover conteúdo de marca orgânico feito por criadores, como se fossem um anúncio no Feed do Instagram. Saiba mais aqui!

Facebook lança novo aplicativo: Study

O Study from Facebook é um programa voltado para ajudar as empresas a criarem produtos melhores para as pessoas através de pesquisas de mercado remunerados. Segundo o blog oficial da plataforma: “Quando alguém clicar em um anúncio, a pessoa terá a opção de se inscrever e, se se estiver qualificada, será convidada a fazer o download do aplicativo”. Mais informações estão disponíveis aqui e aqui.

Facebook lançou a sua própria criptomoeda

Com a promessa de um sistema seguro de pagamento, o Facebook lançou a sua moeda digital baseada em blockchain. Mastercard, PayPal, Uber e Spotify são parceiros nesse projeto e a moeda poderá ser usada pelo Messenger e WhatsApp. Saiba mais aqui!

Música nos Stories

Quase um ano após o lançamento, o recurso “Música” para Stories chega no Brasil. A partir de agora podemos adicionar músicas às fotos e vídeos nos Stories, seja através dos adesivos de música no Stories do Instagram e do Facebook ou de outras ferramentas criativas como Letras no Stories do Instagram, além do Lip Sync Live e a possibilidade de adicionar músicas ao seu perfil no Facebook. Saiba mais aqui!

Sentiu falta de alguma? Conta pra gente nos comentários!

Falando em IGTV, confira o post da Marina Migliorucci, 3 motivos para usar o IGTV em sua estratégia de Marketing

Deu Match: Tinder também é lugar de negócios

Deu Match: Tinder também é lugar de negócios

O aplicativo que se tornou um fenômeno para relacionamentos também pode ser usado para envolver marcas e consumidores

O Tinder dispensa apresentações. Todo mundo sabe que esse é o aplicativo de relacionamento mais famoso. Mas, será que esse relacionamento está restrito apenas a pessoas? Algumas marcas usaram a criatividade para dar matches na plataforma com os seus consumidores.

Em uma campanha próxima ao Dia dos Namorados, a Domino’s envolveu solteiros famintos em conversas amorosas e fez com que eles se sentissem amados nessa data:

 

A marca não foi a única a aproveitar as datas comemorativas para fazer uma ação no aplicativo. A Reserva, com sua comunicação criativa e ousada, criou um perfil na rede social próximo ao dia do solteiro, 15 de agosto.

Confira, aqui, dicas para o seu post não passar despercebido no feed da galera.

Na mecânica da ação, todo homem que deu match com a marca ganhou 20% de desconto para compras feitas no e-commerce. Além disso, foram desenvolvidas camisetas exclusivas dessa parceria.

ladies-on-camisa-reserva-tinder

Se você pensou que as ações no Tinder se limitam apenas às datas comemorativas, você está muito enganado. Após o sucesso da música Jenifer, do cantor Gabriel Diniz, o Burguer King também inovou.

Com o perfil “Jenifer do Burger King”, a marca distribuiu cupons de descontos para serem usados nas lojas da rede de hambúrgueres foram distribuídos a quem desse match com a conta.

ladies-on-tinder-burger-king

Esses três exemplos nos ensinam que devemos sempre repensar a propaganda e a nossa forma de comunicar com os clientes. Com uma base de milhões de usuários que deslizam o dedo para a direita e para a esquerda diariamente, o Tinder oferece diversas formas de envolver marcas e consumidores. Por isso, o aplicativo de relacionamentos também é lugar de negócios.

Você já deu match com alguma marca no Tinder? Conta pra mim nos comentários 😉

Quais ferramentas devo usar para otimizar o meu site?

Quais ferramentas devo usar para otimizar o meu site?

Quem trabalha com marketing digital tem uma rotina baseada em:

▪definição de metas e objetivos;

▪criação de conteúdos e anúncios;

▪monitoramento e gerenciamento;

▪análise e otimização.

Sempre buscando aumentar o tráfego do site e as conversões.

Desenvolver uma estratégia e ter sucesso com ela não é uma tarefa simples. A boa notícia é que existem inúmeras ferramentas de marketing digital para facilitar esse processo. Mas você sabe quais realmente são necessárias para otimizar o seu site? Nesse artigo, você vai encontrar algumas que vão te ajudar nessa missão!

Ferramentas para mensuração e otimização

Uma das grandes vantagens do marketing digital é a possibilidade da mensuração dos resultados de ações e estratégias através de dados.

Uma das ferramentas mais comuns para análise dos resultados é o Google Analytics. Ela é gratuita e traz diversas informações importantes sobre o seu site como, por exemplo, a origem das suas visitas e o comportamento dos usuários.

Para que ela funcione adequadamente, é preciso que o código de acompanhamento esteja instalado nas páginas que você deseja monitorar.

No marketing digital não existe regra do que deve ser feito. Por isso, você deve testar diversas variações para melhorar os resultados. Para aumentar as taxas de conversão de visitantes, por exemplo, podem ser feitos testes A/B. Uma opção para isso é o Google Optimize, extensão que se integra de forma nativa com o Google Analytics.

Outro teste que pode ser feito é para saber as áreas mais acessadas do seu site através dos mapas de calor, mapas visuais que mostram os pontos onde os usuários passaram mais o mouse ou clicaram. Com essa informação em mãos, você pode, por exemplo, descobrir as preferências do seu público-alvo e adequá-las visualmente para chamar mais atenção.

A ferramenta mais conhecida é o Hotjar, mas existem outras no mercado como Crazy Egg e Cliktale.

Ferramentas de pesquisa

O uso dos termos adequados pode ser determinante para aumentar o número de visitas do site e encontrar novas oportunidades para a sua empresa. Para saber quais palavras-chave usar, você pode usar ferramentas como SEMRush e Keyword Planner.

O SEMRush analisa os resultados orgânicos e pagos do Google. Permitindo, assim, encontrar e analisar quais termos levam mais visitas para o site. Já o Keyword Planner, ferramenta do Google Ads, monitora as palavras-chave e informa o seu nível de busca e custo nos anúncios do Google.

O volume de buscas de uma palavra ou as suas variações também podem ser usados como insights na hora de produzir conteúdos para o seu site ou blog. É importante ressaltar que esse conteúdo deve ser focado na persona da sua empresa.

Lembre-se que a ferramenta sozinha não vai ser a responsável pelo sucesso da sua estratégia em marketing digital. Mas, elas podem ser o seu braço direito nesse processo. Então, escolha aquelas que melhor se encaixam às suas necessidades, orçamento e aproveite os resultados!

Assédio sexual no carnaval: mais que uma campanha de marketing, um propósito

Assédio sexual no carnaval: mais que uma campanha de marketing, um propósito

Marcas e órgãos públicos criam campanhas com propósito e oferecem valor ao abraçar a luta contra o assédio sexual no carnaval

Mais do que vender um produto, é preciso atribuir valor à vida das pessoas. Mas, como fazer isso durante o carnaval em que os consumidores estão focados na folia? Com propósito!

“As pessoas não compram o que você faz, elas compram porque você faz isso!”

– Simon Sinek

O Carnaval é uma das épocas mais esperadas pelos brasileiros. É tempo de alegria, flerte e curtição. Mas, junto com isso, roçadas, toques indesejados e beijos roubados também estão constamente presentes.

Um estudo realizado pelo Catraca Livre aponta que 82% das mulheres já sofreram algum tipo de assédio sexual no Carnaval. Para impactar e engajar os consumidores em relação ao tema, algumas marcas resolveram abraçar a luta contra a violência à mulher com campanhas de conscientização durante os dias de folia.

É o caso da Skol que, em 2018, acertou em cheio ao usar memes e o bordão de descer redondo e quadrado com a Campanha “Chegar Pegando” para se posicionar contra o assédio sexual no Carnaval:

Outro bom exemplo que aconteceu no ano passado, foi a ação de conscientização sobre assédio sexual no Carnaval, da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos (SEDHMI) no Rio de Janeiro. Intitulada “Carnaval é curtição, respeita o meu não“, a Secretaria veiculou materiais no BRT, MetrôRio, SuperVia e nas redes sociais.

card-assedio-sexual-no-carnaval-ladies.on

 Denuncie o que não tiver propósito

O clima de Carnaval pode trazer uma falsa sensação de que “tudo” é permitido, inclusive o assédio sexual. Mas, isso não pode parecer natural ou, até mesmo, aceitável nos dias de folia. Por isso, ligue 180 e denuncie!

Tem alguma campanha contra assédio sexual durante os dias de folia que tenha te marcado? Conta pra gente nos comentários!

Hiperatividade: cair, levantar e recomeçar o tempo todo

Hiperatividade: cair, levantar e recomeçar o tempo todo

Tem dias que a gente desequilibra, tropeça e cai. Tenta reequilibrar e, para nossa surpresa, caímos novamente. Esse esforço repetitivo, muitas vezes é desanimador.

Com a prática do Yoga, eu aprendi a sempre tentar mais uma vez. Mesmo que eu caísse novamente, mesmo que isso significasse cair com o rosto direto no chão. Afinal, eu sempre fui muito estabanada e desastrada.

Essas duas palavras sempre estiveram presentes nos meus relatos. Em diversas vezes, as usava para justificar algum ocorrido. Como, por exemplo, os inúmeros roxos que aparecem no meu corpo quando estou correndo de um lado para o outro e não vejo que existe um obstáculo à minha frente.

Até pouco tempo atrás eu assumia que sou uma pessoa completamente atrapalhada. Mais que isso, que sou uma pessoa com dificuldades enormes para levar uma vida cotidiana. As marcas de pontos e machucados não me deixam mentir em relação a isso.

Eu simplesmente não consigo ficar parada. Sempre faço várias coisas ao mesmo tempo e, com isso, acabo me comprometendo com mais do que sou humanamente capaz de fazer.

Correr de um compromisso a outro faz parte da minha rotina. Assim como o fato de chegar diversas vezes atrasada ou esquecer aniversários de pessoas muito importantes para mim.

Ainda durante a infância, meu pediatra me diagnosticou como uma criança hiperativa. Ele explicou a minha mãe que ela deveria me ensinar a fazer uma coisa de cada vez.

Ela tentou. Ela sentava ao meu lado para que eu montasse um quebra-cabeça por vez. Também determinava o tempo que eu deveria focar apenas em andar de bicicleta ou que eu deveria assistir os filmes infantis por completo, do início ao fim.

Ainda hoje, acho que minha concentração é um pouco desregulada. Ou estou completamente imersa em algo (geralmente em coisas que gosto muito) ou não consigo prestar atenção nem por um minuto à uma mesma coisa.

Eu falo pelos cotovelos e mudo de um assunto a outro sem parar. Às vezes meto os pés pelas mãos a ponto de ser engraçado. Assim como já fui invadida por uma brutal sensação de frustração comigo mesma. Pelo simples fato de não conseguir me concentrar em uma sequência simples de movimentos na dança.

Ser hiperativa não significa apenas que eu não consiga ficar quieta ou que eu não consiga prestar atenção em algo. O que realmente acontece é que eu tenho a sensação de estar o tempo todo ligada no 220 ou de estar andando em uma montanha-russa sem fim. Por diversas vezes, me perguntei o que havia de errado comigo…

Há dois anos, a prática do Yoga me proporcionou uma paz interior que vem me ajudando a controlar os meus impulsos. Muito além das posturas, respiração e meditação, o Yoga também significou para mim um mergulho no autoconhecimento e na autoaceitação. Hoje, por exemplo, já consigo escutar todas as palavras quando as pessoas falam comigo e não apenas uma de cada dez.

Nem tudo são flores, mas sempre busco encarar a minha inquietude com bom humor. Por enquanto, a sensação de ter encontrado um caminho para me sentir bem comigo mesma não tem preço. E, com isso, também estou aprendendo a perceber algumas coisas boas em relação a ela: com tanta energia circulando em mim, sou uma fonte inesgotável de ideias e, acima de tudo, de sonhos!

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com